sexta-feira, 12 de julho de 2013

Minha tia esquizofrênica e a solução de seus problemas.

 Na minha família o mais normal baba. E se tem uma pessoa que ta longe de ser normal é minha tia Cida, a Aparecida. Ela é esquizofrênica, daquelas bem afetadas, chega a babar e toma uns anti psicóticos com nomes do tipo Tigrex e por aí vai...é bem louca mesmo.
 Ela ta conversando com você tipo calma e começa a gritar EU VOU JOGAR ESSA ÁGUA FERVENDO EM VOCÊ SEU DESGRAÇADO, daí a gente corre, tranca e deixa lá trancada até acalmar..quando da isso fora de casa nela a gente fica sabendo pelos outros, basta o telefone tocar e alguém dizer "Oi, você é parente da senhora Aparecida Messias? Então..". Foi assim com o gerente do banco quando ela começou a bater na xana e gritar no meio do banco MEU ÚTERO É ROOOOSA, PODE OLHAR ELE É ROSINHA NÃO SOU DESONESTA SEU FDP...
 E foi assim quando ela mandou o marido dela se preparar que ela ia fazer uma massagem bem gostosa..o cara tirou a roupa, ela chegou por trás e..PULOU EM CIMA DELE, COM OS DOIS PÉS..daí o cara colocou ela pra fora de casa, uns nerds que estavam fazendo corujão numa lan house acharam e colocaram ela pra dentro da lan..tudo isso na madruga, lá em Praia Grande.
 Esses surtos mais graves geralmente demoram pra dar, só quando ela parar de tomar os remédios, pode ficar uns 7 anos sem dar...PORÉM, MINHA TIA CONHECEU UMA PESSOA QUE A SALVOU E DEU LIBERDADE!!! O nome desse anjo é Dra. Sonia Regina, que citei no post anterior..como toda boa médica, deu vários conselhos pra minha tia...

A dra. Sonia chamou minha tia, disse a ela pra parar de tomar todos os remédios e nao ouvir o que a mãe e o pai dela falavam, pois se ela fosse na onda dos pais e dos médicos ela viveria dopada por calmantes o resto da vida. E aconselhou minha tia a estudar e trabalhar, deu até apostila.

 Ok, mas se a pessoa tem 40 anos, vive na asa da mãe e é aposentada por invalidez e o motivo apontado é psicose, sinal que algo de errado tem. "Há algo de errado com Aparecida". Minha tia sem contar nada parou de tomar os remédios, estudou pro concurso mas não conseguiu nem fazer a inscrição, pois já surtou na fila do concurso. Sem contar que disse pro namorado que meu vô estuprou ela várias vezes quando criança, o que é mentira..A maluca tava de volta, e contou pra todo mundo o tratamento prescrito, e por quem foi prescrito.

 Deram uma puta bronca na minha mãe, até pararam de falar com ela. Lição aprendida. Só que não. Minha mãe fez isso outra vez, e outra, e outra...até que presenciou os surtos citados no primeiro parágrafo, aí sim, a lição foi aprendida. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário